Publicado por: evis10 | agosto 2, 2011

Herson Capri gravou fuga de Cortez cinco vezes

A cena vai ao ar nesta segunda-feira (1). Foto: Divulgação
A cena foi ao ar nesta segunda-feira (1)
Foto: Divulgação 
Paulo Ricardo Moreira

Adrenalina, muita adrenalina! Foi o que Herson Capri sentiu ao gravar, na semana passada, a cena em que Cortez foge do presídio em um helicóptero, em Insensato Coração. Inspirada na fuga do traficante Escadinha do presídio da Ilha Grande, em 1986, a sequência cinematográfica foi ao ar nesta segunda (1). “É uma situação que não consigo sequer imaginar viver na vida real. Além disso, a cena tinha um aparato enorme. Foi tudo tão mega que eu não me dei o direito de errar”, conta o ator com exclusividade a O Dia.

Aos 58 anos, sendo 35 de carreira, o ator nunca tinha feito nada parecido em novelas. “Já fiz muita coisa maluca”, confessa. Quando tudo terminou, após cinco horas de gravação, ele estava exausto, mas satisfeito com o resultado do trabalho. “Fizemos a sequência do helicóptero umas cinco vezes. Bateu uma sensação de dever cumprido. Acho que todos nós ficamos orgulhosos”, comemora.

A fuga de Cortez acontece durante o banho de sol dos detentos. O helicóptero se aproxima do pátio do presídio enquanto os presos estão jogando futebol num campinho de terra batida. Um capanga do banqueiro joga uma escada de cordas para ele subir.

Herson Capri bem que tentou gravar as cenas em que Cortez fica mais próximo à aeronave, mas foi substituído por um dublê. Ele subiu apenas alguns degraus.

“Fiz mais do que o diretor pediu. Como a câmera estava me acompanhando de perto, acabei saltando na escada. Mas ficar pendurado enquanto o helicóptero subisse seria demais, só mesmo o dublê, que é um especialista e foi perfeito”, revela o ator, que elogiou o diretor e o piloto. “O Vinicius (Coimbra) dirigiu tudo com uma eficiência notável. O Everson (o piloto) é sensacional, fez manobras inacreditáveis. Foi tudo planejado e a equipe toda estava muito bem coordenada, tudo funcionou com perfeição”, completa.

Após a fuga, Cortez vai à sua casa, onde esbofeteia Natalie (Deborah Secco) por ter pego seu dinheiro e rouba as joias dela para deixar o País.

De Volta para a cadeia

A boa vida de Cortez (Herson Capri) na Espanha, onde se refugia após escapar do presídio, está com os dias contados. O banqueiro será denunciado pelo próprio filho, Rafa (Jonatas Faro), como responsável pela morte de Clarice (Ana Beatriz Nogueira). Mesmo no exterior, ele será preso e trazido de volta ao País para cumprir pena por crimes contra o sistema financeiro e assassinato.

Antes de ser trancafiado novamente, Cortez vai infernizar a vida de Natalie (Deborah Secco). Quando souber que a modelo está prestes a posar nua novamente, tendo sua imagem explorada pela revista Fogo Alto como “musa do banqueiro bandido”, ele mandará que um capanga a procure para impedi-la de fazer as fotos.

Rubens (Ed Oliveira) ameaçará Natalie, dizendo que “para morrer, basta estar viva”. Assustada, ela vai acabar desistindo do ensaio, mesmo sem ter como se sustentar e voltar à mídia.


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: